quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Estratégia


Fala galera, tranquilo? Pouca informação, tudo parado, não tem muito o que dizer. Academia na ANP em reta final e a segunda turma que será em 2020 mudou a data de início passando para o mês de março – segundo informações. Existe o desejo do departamento para realização de um novo concurso APF com 600 vagas. Nada confirmado, mas já é um sinal de fumaça. Alguns colegas perguntam se vale a pena estudar para um outro concurso durante esta fase de indefinição. Pergunta difícil que depende da condição de cada um.

No concurso de 2012 eu já me sentia preparado para o concurso do DPF, mas nesta mesma época, também existia edital do concurso da PCERJ. Eu pensei, avaliei e resolvi também tentar este concurso, da seguinte forma: abri mão de tudo o que eu não conhecia do edital civil e fui apenas com o que eu sabia. Além disso, fiz um curso de questões de provas da Banca da organizadora com as disciplinas de informática e português (o restante eram disciplinas de direito) . Como eu era policial militar achei que valeria a pena ir para Civil (seria um plano B). Sabe-se que o concurso da polícia civil do RJ é muito disputado, mas eu tracei esta estratégia.

Logo no início fui indagado por um colega de curso que disse: “atirando para todos os lados não vai passar em nenhum”. Imagine o meu sentimento ao ouvir isso. No caso ele estudava para civil. Segui na minha e fiz a minha aposta. Não alterei a minha grade de horários, compensei aos domingos e fui para guerra. Foi cansativo, desgastante, mas era mais uma oportunidade que eu tinha. A prova da PCERJ foi aproximadamente duas semanas antes da federal. Mandei bem, acredito que pelo fato de estar adaptado a banca cespe, consegui eliminar mais questões múltipla escolha mesmo nas questões que eu não dominava muito bem. Resultado: fui aprovado na polícia civil e logo depois também passei na prova da polícia federal. Por questões de sonho e realização profissional optei pela PF, inclusive fui chamado para o teste físico da civil quando eu já estava cursando a ANP.

Em resumo: faça a sua estratégia! Caso você já tenha bagagem para PF mas queira algo mais a curto prazo faça um levantamento e veja as suas possibilidades. Para quem está começando agora sugiro ganhar bagagem para o próximo concurso. Tudo depende da condição financeira de cada um, pois sabemos que aperta e muitas das vezes temos que buscar um plano B. Fica aí a minha dica para vocês.
Ah, em relação ao colega que falou que eu não passaria nos dois, ele não passou na civil e mandei um recado para ele: Avisa que eu passei nos dois!!!


quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Motivação!!!


Todos os dias os noticiários gritam em nossos ouvidos que é preciso fazer algo já. Imediatamente. E é para termos o privilégio de fazer algo que cada um de nós estudou durante horas, dias, semanas, meses. Anos. O que eu vejo aqui são mais de 600 pessoas que querem realmente fazer a diferença e que não se satisfazem em simplesmente escrever frases de protesto ou postar fotos chocantes nas redes sociais. Eu vejo mais de 600 pessoas que querem fazer mais, muito mais do que apenas reclamar. Na minha frente eu vejo um batalhão de homens e mulheres que sabem que a força de nossa polícia federal não está nas pistolas ou nas algemas que carregamos, mas na nossa sede de mudança, na nossa irrefreável vontade de fazer um país melhor para nós, para nossos filhos e para os filhos de nossos filhos. Sabem o que estou vendo? Estou vendo um monte de gente que tem plena consciência de que reciclar latinhas, dar algumas moedas para as crianças no semáforo ou fazer passeata pela paz vestindo branco e fazendo o símbolo da pomba com as mãos não é o suficiente para ajeitar esse país. Já terceirizamos o trabalho, terceirizamos a caridade e temos até redes sociais terceirizando os relacionamentos, mas não vamos permitir que nossa vontade de mudar esse país seja terceirizada. Queremos arregaçar as mangas e fazer nós mesmos. Talvez seja por isso que esse lugar cheira a suor e a batalha. Para onde quer que se olhe o que se vê são homens e mulheres que se propuseram a lutar por algo realmente grande. Pessoas como eu e como vocês que tiveram a coragem de contribuir para um país melhor e mais justo. Falo de esforço e superação. A superação que faz com que consigamos correr mais e mais rápido mesmo debaixo de um sol impiedoso. O esforço que faz com que nossas meninas superem o desafio das barras fixas, o esforço que faz com que as caixas de areia fiquem lotadas todas as noites, mesmo depois de um dia longo e cansativo de aulas. Falo da vibração de nossos companheiros de sala à beira da pista de corrida a cada volta a mais que completamos no TAF. Falo da constante e saudável disputa entre as linhas 1 e 2. Falo dos muitos alunos que nadam bem devagar para dar tempo para que seus companheiros que não conseguiram atingir o índice se recuperem para mais uma tentativa na natação. Lembrem-se de que ninguém disse que isso aqui seria fácil. Mas você ignorou todos os avisos e continuou seguindo seu caminho sem olhar pra trás. Em nenhum momento você pensou em recuar. E assim transformou o medo em coragem e o cansaço em força de vontade. Muitos pensam que é brincadeira quando falamos o que passamos. Falo da tristeza de se despedir de um amigo desligado. Falo de amizade e companheirismo. Falo da Academia Nacional de Polícia.

Dentro de poucos meses teremos a missão de investigar os muitos fraudadores, corruptos, traficantes, pedófilos, estelionatários, terroristas, sequestradores, ladrões e marginais de toda espécie que apostam na impunidade de seus atos e não raro são chamados de doutor ou vossa excelência. Não precisamos citar nomes, todos sabemos quem são os responsáveis pelo desvio da verba da merenda, pelo sucateamento da saúde pública, pela perpetuação do trabalho escravo, pela evidente falência da educação, pelo financiamento do tráfico de drogas. Todos sabemos quem alimenta a miséria e se alimenta da miséria. Eles certamente acreditam que serão poupados da justiça. Nunca serão. Eles pensam que serão inocentados. Nunca serão. Vamos dedicar nossas vidas a limpar nossa sociedade e livrar o povo da epidemia de corrupção que assola esse país e que mata mais, muito mais do que qualquer doença. Estamos aqui para não dar descanso aos criminosos que matam milhões de brasileiros apenas com uma caneta. Vamos fazê-los pensar três vezes antes de meterem de novo a mão em dinheiro público. Não podemos obrigar as pessoas a fazer a coisa certa, mas podemos dificultar bastante a vida de quem tenta fazer a coisa errada. O país nos deu uma missão e todos aqui sabem o que acontece com missão dada. Nossa tarefa é nobre e a nossa luta não tem nem freio nem marcha a ré. Não podemos andar pra trás enquanto o filho do faxineiro não puder estudar na mesma escola que o filho do senador, enquanto há tantos desamparados pela falta de verba que foi desviada dos cofres públicos, não com tantas mães perdendo seus filhos para as drogas. Só nos contentamos com a vitória. Por isso, quando voltarem para suas casas, avisem a seus amigos e à sua família que de alguma maneira vamos fazer a situação desse país mudar para melhor.



Peço a cada um de vocês que ao final da leitura dessa mensagem, quando os senhores forem bater palmas, que essas palmas não sejam dirigidas a mim, mas ao colega que está ao seu lado. Vamos aplaudir a nós mesmos com força e com vontade, para celebrar todo o nosso esforço, para comemorar a vitória de tanto tempo dedicado exclusivamente a chegar até aqui. Vamos aplaudir demoradamente toda a nossa garra, toda a nossa vontade de vestir aquela roupa preta. Vamos festejar com aplausos todo o longo caminho que tivemos que percorrer pra chegar onde estamos agora. Vamos lembrar que somos todos um só, somos todos o mesmo grupo, seremos todos policiais federais. Estamos passando por um momento de transição e por isso devemos aplaudir aqueles que lutam por uma Polícia Federal cada vez melhor. Senhoras e senhores, como diz a música, eu vejo a vida melhor no futuro, eu vejo isso por cima de um muro de hipocrisia que insiste em nos rodear. E é por isso que eu peço agora uma longa salva de palmas para todos nós."

sábado, 10 de agosto de 2019

Nada mudou...

Éhhh meus amigos!!! Nada de novidade até o presente momento. Curso de formação rolando na ANP, muitas provas, lesões, treinamento físico e etc... Como é difícil se tornar um Policial Federal. Atualmente o que se discute é a reforma da previdência para os colegas que forem ingressar na firma após a nova regra começar a valer. Vejo pessoas desanimando, comentando que muitos direitos foram perdidos... Não tem jeito pessoal, é a nova regra, vocês precisam se adaptar a esta nova realidade. Uma disciplina financeira pode suprir esta nova caraterística.


Cabe ressaltar que não é só para Polícia que ficará diferente. Basicamente todo o serviço público está de mudança. Não vejo motivo para desespero, a ponto de desistir da carreira. Muitos perguntam sobre a especulação de um novo concurso já no ano de 2020. Nada existe de concreto neste sentido.


Dentro de toda esta expectativa cabe a cada um de vocês manterem o “foco”, pois o momento é de motivação. Cada segundo de suor derramado hoje fará a diferença lá na frente. Muitas pessoas que sonhavam em se tornar policiais federais estão bem próximas de alcançar o seu objetivo. O Mundo dos concursos é uma fila. Um a hora você chega lá, desde que faça a sua parte.

Abraços.

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Estratégia para o futuro




Fala Rapaziada, na luta?

ANP em festa para receber os novos alunos “Policiais Federais” que irão atuar por este imenso Brasil. A galera não pode esquecer que no segundo semestre faz muito frio em Brasília. Era um sofrimento no mês de agosto quando eu o curso de formação. Não demora muito e logo o tempo volta a melhorar. Os colegas estão bem próximos da realização de um sonho. É importante se dedicar para conseguir uma lotação boa. Vai fazer grande diferença nos próximos anos da vida dos senhores. Porém, parece que a primeira turma pode ficar por pouco tempo nas lotações, pois logo em seguida, entrará a segunda turma. O pessoal precisa ficar ligado aí para traçar a estratégia, mas é como sempre eu digo: “não existe lotação ruim, ruim é estar de fora do DPF”.


Enquanto muitos comemoram, outros passam por momentos difíceis, pois acompanham a convocação dos alunos para realizarem inscrição na academia. Pessoal, é natural este sentimento, sonho é sonho!!! Mas a diferença para o próximo concurso será exatamente a renovação da motivação. Superar este sentimento e voltar a focar nos estudos. Planejamento, estratégia, material... Isso tudo deve ser levado em consideração. Eu estudei 5 anos de forma ininterrupta para aprovação, mas meu sonho começou em 2004. Poderia ter desanimado e hoje não ser uma pessoa realizada. Hoje, tenho a melhor profissão do Mundo, e isso faz um diferencial muito grande em minha vida.


Chegou a hora de tomar a decisão, pois o futuro é feito baseado nas atitudes do presente. Seja qual for a sua estratégia faça de coração. Alguns colegas optaram por focar momentaneamente em outros concursos (fato que pode ser uma boa também). Cada uma sabe de suas dificuldades e isso é algo muito particular. Por diversas vezes fiquei olhando a convocação dos classificados, até o dia que após muita insistência, chegou a minha vez.

Grande abraço.

domingo, 28 de abril de 2019

Trajetória de um vencedor!!!



Fala, galera.

Beleza?

Conversando com o APF Santos, agora depois de todas as fases terem sido concluídas e aguardando a convocação definitiva para a ANP ( que é mais uma fase do certame ), ele me pediu para fazer uma espécie de depoimento, contando um pouco da minha trajetória no mundo dos concursos, falar um pouco de como foi a preparação e tudo mais, pra quem sabe poder ajudar o pessoal do blog na preparação pro certame das carreiras policiais.

Vamos lá:

Meu tempo de estudo do início dos estudos até a aprovação na PF foi de 2 anos, me dediquei quase que integralmente aos estudos, pois de vez em quando precisava ir à empresa para resolver alguns pepinos- que sempre aparecem.

O material utilizado foi SEMPRE o do Estratégia Concursos, que considero um dos mais completos do mercado, fiquei única e exclusivamente nos Pdfs e alguns livros , além de participar do grupo de estudos e simulados do Projetos Missão, que foi um diferencial enorme na preparação, pois assim podia medir meu desempenho e direcionar o estudo aos pontos fracos.

Utilizando o Telegram ( aplicativo de mensagens parecido com o Whatsapp ), criamos um grupo com alguns amigos e mandávamos questões e jurispdruências dia e noite, de segunda a segunda, o que me ajudou demais.

Eis que o  edital foi publicado, mudou tudo, e foi uma correria para conseguir absorver a maior quantidade de informação possível no curto espaço de tempo e mandar bem na prova, de repente o concurso teve a prova adiada por 30 dias, motivado pela ação pública do MPF referente às adaptações para PCD, o que por um lado foi bom, pois tive mais um tempinho pra estudar.

Chegou o dia da prova, obviamente achei a prova muito díficil, questões ambíguas ( pra variar um pouco ), e tive quase certeza que não tinha sido dessa vez, mas quando o edital dos aprovados saiu, meu nome estava lá, graças a Deus.

Fizemos todas as demais fases, TAF,  exames médicos, psicotécnico... é coisa que não acaba mais, tensão do início ao fim, e agora falta a etapa mais longa, a ANP ( duração aproximada de 5 meses ).

No grupo do telegram, fiz amigos que levarei para toda a vida, e infelizmente a mudança brusca no edital prejudicou  muita gente, inclusive meus amigos deste grupo que estavam tão preparados quanto eu, que por um acaso do destino não conseguiram obter sucesso no certame.

Mesmo depois da prova, estamos enviando questões todos os dias, sem perder o pique, pra ficar na frente dos concorrentes quando o próximo edital for publicado, e estaremos juntos até todo mundo entrar na PF.

Bom, é mais ou menos isso....Infelizmente não tenho uma história de diversos concursos e uma vasta experiência na área, cheguei a fazer 4 provas apenas, pois meu objetivo final sempre foi a PF. Qualquer dúvida pode entrar em contato e no que eu puder ajudar, estou a disposição.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Enxoval e Dicas para a ANP




Fala galera,
A hora do curso de formação se aproxima, recentemente um candidato aprovado do atual concurso de APF criou um manual para o enxoval da academia, parabéns ao colega pela iniciativa e pró atividade. O colega teve o trabalho de pesquisar preços e conseguir descontos com algumas marcas de equipamentos, vale a pena dar uma olhada, o link para o referido manual é: https://megaupload.nz/OebaZbV8md/Manual_do_Enxoval_2019_pdf

Entretanto, decidi fazer esse post com base na minha experiência como aluno da última academia de APF e como servidor da ativa.
Portanto, não abordarei marcas ou valores, apenas darei opiniões sobre o que vale a pena ou não gastar, o que será utilizado após ANP e dar alguns bizus sobre em que momentos serão utilizados os materiais do enxoval.
Além disso, vou dar algumas dicas sobre cuidados a serem tomados no dia a dia da academia, não vou falar sobre tudo abertamente por motivos óbvios e também devido às experiências, que vocês vivenciarão nessa etapa e que devem sentir por conta própria, aproveitem a academia, a experiência é única e vocês sentirão saudades depois.

ENXOVAL PARA O CURSO DE FORMAÇÃO
a) material de higiene pessoal;
Não tem o que comentar aqui, material de higiene pessoal comum.

b) toalhas de banho (duas, no mínimo);
Levei duas e foram suficientes, já levem identificadas se quiserem, com caneta permanente escrevam o nome na etiqueta ou algum canto do tecido, todo item de vestuário é bom estar identificado pois vocês irão mandar para o pessoal que presta serviço de lavanderia.

c) toalhas de rosto (duas, no mínimo);
Levei e não utilizei, recomendo não levar.

d) lençóis, colchas para cama de solteiro e fronhas (duas peças de cada, no mínimo);
Levem identificado também, há alunos que passam a ANP toda com uma única peça de cada, aí fica a critério de cada um rsrsrs.

e) travesseiro;
Nada a acrescentar neste item.

f) cobertor;
Com certeza, leve, Brasília é fria em alguns dias a noite, minha academia foi de agosto a dezembro e eu utilizei em alguns dias.

g) traje social para a solenidade de formatura (terno para os homens e social discreto para as mulheres);
Não há necessidade de levar antes, peça para levarem na época da formatura ou compre lá em Brasília.

h) calçados totalmente pretos (tênis, botas ou botinas);
Esses calçados serão utilizados em sala de aula, utilizei um tênis todo preto, barato e confortável. Há alunos que acabam optando por alguma opção “universal”, pode-se utilizar o coturno, por exemplo, ou o tênis de corrida se ele for todo preto (o que é difícil de encontrar), o cuidado que se deve ter é que esse calçado precisa estar limpo e seco sempre, então utilizar um único (o mesmo coturno que usa nas aulas operacionais) pode acabar trazendo alguma dificuldade nesse sentido.
Minha opinião: compre um tênis baratinho todo preto apenas para esse fim, se tiver algum detalhe que não seja preto, pinte, salvo engano gastei uns 130 reais num tênis todo preto da reebok e que atendeu perfeitamente esse fim.

i) meias pretas;
Compre pelo menos 10 pares, não precisa se preocupar em gastar em meias caras cheias de tecnologia, as de algodão servem bem, utilizarão essas meias sempre com coturno nas aulas operacionais e com o tênis todo preto (mencionado acima) nas salas de aula, além disso, muitas dessas meias serão utilizadas no serviço depois da posse hehehe. Se tiver como identifica-las com caneta branca, eu indico.

j) bermuda tipo ciclista, na cor preta (duas, somente para as mulheres);
Sem comentários para este item.

k) tênis apropriado para a prática de corrida (cores discretas);
Tênis de corrida é difícil ser discreto, geralmente não implicam muito com isso já que esses tênis serão utilizados exclusivamente nas aulas de educação física, mas se puder arranjar um modelo discreto, melhor, senão, leve o que utilizou no TAF e todo seu treinamento, levar um tênis zero km para lá também não é uma boa ideia, seu tênis de corrida deve estar “amaciado”.

l) meias na cor branca para as aulas de Treinamento Físico;
Serão utilizadas apenas nas aulas de treinamento físico. Assim como as pretas, leve pelo menos 10 pares, no meu edital essas meias tinham que ser tipo “soquete”, parece que agora não há essa exigência, levei meias de algodão comum mesmo, na minha opinião, não há necessidade de gastar demais aqui. Identifique as meias com caneta preta, obviamente na parte que ficará “escondida” no tênis, sola.

m) top preto (somente para as mulheres);
Sem comentários para este item.

n) bermuda térmica (opcional para proteção em corridas);
Item que vale a pena investir, é bom para as corridas para evitar assaduras, terá corridas com fardamento completo também, onde a bermuda térmica se torna um item essencial, vale a pena uma boa marca já que pode ser utilizada no serviço também.

o) sunga, na cor preta (para os homens) e maiô de peça única, na cor preta (para as mulheres);
PRETA, não invente moda. Sim, a sunga da adidas preta com três listas brancas é permitida e não precisa pintar as listras.

p) camiseta de neoprene, na cor preta, para natação (opcional).
Esse item não tinha no meu edital, a próxima academia vai pegar mês de julho que pode ser um pouco mais frio, eu não compraria agora, deixaria para ver a necessidade lá e num final de semana iria atrás num shopping de Brasília, mas fica a critério de cada um.
Um detalhe: no manual que mencionei no início feito pelo candidato fala que a piscina da ANP é aquecida, eu realmente não me recordo, se é aquecida então nunca funcionou durante todo meu curso, não era nada absurdamente insuportável, mas a agua era gelada em toda aula, principalmente nas aulas do primeiro horário da manhã ou em aula noturna a galera “batia queixo” rsrsrs. Haverá aula na piscina ao menos uma vez por semana se seguir a rotina da última academia.

q) óculos e touca de natação (opcional);
Para mim, óculos não é opcional, já devem ter do TAF, levem, haverá aulas de natação toda semana, e ainda há o TAF eliminatório no final do curso. Touca eu levei e nunca usei, não recomendo levar para os homens.

r) chinelo de dedo de borracha, na cor preta;
PRETO, sem inventar moda. Serão utilizados nas aulas de defesa pessoal policial e no dia a dia dentro do alojamento.

s) capa transparente para chuva;
Utilizada para locomover do alojamento para a sala de aulas e demais dependências nos dias chuvosos, salvo engano, pode ser utilizada também na formação inicial de todos os dias (manhã e tarde). Compre uma dessas baratas e finas que vendem em qualquer loja e deve custar uns 10 reais, cabe no bolso da perna e não tem necessidade de gastar demais nesse item. Depois que estiver trabalhando efetivamente, invista num poncho bom.

t) luvas de MMA;
Salvo engano, utilizamos em apenas uma ou duas aulas, não vale a pena investir muita grana a não ser que pense em utilizar depois praticando o esporte.

u) protetor bucal;
Não acho que seja tão necessário, ninguém vai querer machucar ninguém nas aulas de DPP (falarei mais a frente), mas fica a critério de cada um. Se for comprar, compre o protetor simples, não compre o protetor bucal duplo.

v) bandagem para luva de boxe;
Compre uma bandagem que não seja tão cara, a não ser que pense em utilizar depois na prática do esporte, independente da escolha, compre bandagem com mais de 3 metros.

w) máscara para RCP: máscara com válvula e estojo de bolso dobrável, com entrada para O2, filtro e válvula de não retorno.
Em nosso edital essa máscara era diferente, parece que há essa acima anunciada no mercado livre, salvo engano, usamos a máscara em uma ou duas aulas. Não precisa gastar muito, compre o que está sendo solicitado, no serviço, depois das aulas e mais especializações no assunto, você irá investir em outros itens essenciais de APH Tático.

x) luvas de látex para procedimento cirúrgico (dez pares, no mínimo);
Compre lá em Brasília uma caixa em conjunto com os colegas do alojamento.

y) porta luvas de látex (opcional);
Não há necessidade, leve as luvas no bolso tático da perna da calça.

z) atadura de crepom de 15 cm (cinco unidades);
Sem comentários.

aa) gaze (cinco unidades);
Sem comentários.

ab) calça e gandola operacional camuflados, na cor padrão "multicam";
É um dos itens mais caros do enxoval, o padrão multicam por si só encarece o fardamento devido ao padrão original ser licenciado. Se a grana estiver curta, não invista em marcas top de linha, 5.11 ou Crye Precision, por exemplo, você não utilizará esse fardamento em serviço a não ser que faça parte de algum grupo tático e, nesse caso, provavelmente você irá receber um fardamento.
Vou dar uma opinião devido à uma hipótese que o candidato levantou no manual do enxoval. Gandola é diferente de Combat-Shirt (a vá?), pois é, compre GANDOLA como pede o edital, para os fins da ANP a combat não vai suprir, você precisa do ripstop protegendo o peito e costas, não estarão utilizando colete balístico. Além disso, esse fardamento será muito utilizado e surrado na academia, vão utilizar em aulas do setor operacional, do setor de armamento e tiro e até mesmo na educação física (algumas corridas, natação/flutuação e pista de obstáculos), tem uma aula de tiro que esse fardamento vai ser bem surrado e vai ficar cheio de lama, logo, a parte de algodão da combat shirt não vai aguentar.
Por isso, eu compraria uma marca intermediária, sem gastar absurdo, com um bom custo x benefício.

ac) bota operacional de sola de borracha na cor preta extra leve;
Vamos lá, eu sei que é difícil segurar o espirito do aluno aqui, a galera já começa a pesquisar os melhores boots utilizados pelas melhores forças especiais do mundo, vi na ANP coturno Adidas GSG9, Under Armour, 5.11, Salomon, dentre outros importados considerados os tops.
Mas... a grana do aluno sempre está curta, e, particularmente, eu não acho que vale o investimento num coturno caro nessa etapa, utilizarão muito e ele será bem surrado, deixe para pesquisar e pegar os bizus para comprar outro quando tomarem posse.
Agora, perceba que o edital pede EXTRA LEVE, isso não está especificado à toa, na minha academia uma galera não levou isso em consideração e investiu em coturnos com amortecimento, solado especial, anti torção, etc. Tiveram dificuldades, alguns acabaram até comprando outro coturno para as aulas na piscina. Sim, aulas na PISCINA, por isso o edital pede o coturno extra leve, irão utilizá-lo para flutuação e natação, um coturno pesado e top de linha por vezes não terá válvula e ficará encharcado, os que são waterproof são ainda piores, o calçado será totalmente imerso na agua, ela vai entrar e não vai sair desse coturno, vai ficar com dois tijolos nos pés.
Compre os atalaias extra leve, apesar de não parecerem modernos ou tecnológicos, são excelentes e confesso que mesmo hoje em serviço são meus boots preferidos, uso o que comprei para a ANP até hoje, principalmente quem trabalha na rua e faz parte rural/agua. Terão outras aulas além da piscina, óbvio, serão utilizados nas aulas de armamento e tiro, setor operacional, e na pista de obstáculos também, mas... utilizei apenas o atalaia em todas essas aulas e não tive problemas com torção ou desconforto, no máximo esquentam bem os pés durante a formação no período da tarde, mas dá pra fazer todas aulas da academia com eles, são baratos e serão muito melhor nas aulas com água. Novamente, não vale a pena investir num coturno importado e caro nessa etapa, mas, é a minha opinião.

ad) joelheira operacional tática, cor preta;
É bom adquirir, sentirão falta principalmente nas aulas de tiro (solo de brita), não são muitas aulas em que serão utilizadas mas vale a pena. Essencial na academia mas dificilmente utilizarão em serviço, então não é necessário gastar muito.

ae) cotoveleira tática, cor preta (opcional);
Faz diferença quem comprou (tem kit que compra a joelheira e cotoveleiras juntas), para as mesmas aulas que será utilizada a joelheira (aulas de tiro), mas eu não comprei, portanto, não utilizei, sofre um pouco mais, mas não é nada que não dê para bancar.

af) algemas com chave e porta algemas;
Invista em algemas boas, aqui vale a pena gastar, é um dos itens básicos na nossa profissão, há marcas importadas excelentes: Smith & Wesson, ASP, dentre outras; Cuidado com as nacionais, pesquise, tem marcas boas e tem marca que coloca a logomarca mas vende “xingling”, a algema tem que ciclar direito, não enroscar.
Obrigatório para a profissão: Algema com trava e chave “universal”!
Porta algema compre um bom também, na academia será utilizado no cinto tático, não será um cinto molle (modular) então leve isso em consideração ao comprar.

ag) lanterna tática, com no mínimo 120 lúmens, com bateria e porta-lanterna tática;
Outro item que vale a pena investir uma grana para utilizar depois na profissão. Indico: fênix (modelo pd35), surefire, streamlight, convoy, etc.
Se a grana estiver muito curta mesmo, compre uma lanterna normal “xingling” para a ANP e depois de empossado com a grana melhor invista numa boa, mas compre, é uma das coisas mais utilizadas em serviço e se for uma lanterna mequetrefe você vai passar raiva em várias situações.

ah) cinto em nylon preto (tipo SWAT BDU) – medidas da fita de aproximadamente 3,8 cm de largura e espessura de aproximadamente 0,2 cm;
Cinto BDU comum, BDU é o tipo da fivela, não precisa gastar muito, mas também não compre um muito vagabundo, vai utilizar no dia a dia da academia o tempo todo, uso até hoje todo dia na profissão, ele serve em praticamente toda situação e fica até mesmo por baixo do meu cinto tático.

ai) bastão retrátil em aço com 21’’ (aproximadamente 50 cm de comprimento), com porta-bastão para cinto tático;
Compre um meia boca, deve ter no mercado livre, não gaste muito. Recentemente, o departamento adquiriu bastões importados de primeira linha, um dos melhores do mundo, provavelmente os novinhos irão acautelar quando tomarem posse.

aj) computador portátil (notebook, ultrabook, laptop), com configuração mínima de processador dual-core com 2 GB de memória RAM, com conexão wi-fi, ao menos uma entrada USB, armazenamento interno de no mínimo 128 GB, com os seguintes softwares instalados: (i) leitor de PDF; (ii) suíte de escritório (editor de texto, editor de planilhas eletrônicas e editor de apresentação); (iii) navegador de internet;
Levem, a maioria já deve ter mesmo. Na minha academia foi disponibilizado aos alunos durante o curso, se esse edital está pedindo é porque não terá essa disponibilidade, mesmo assim eu levei meu notebook pessoal também, contrate um plano de pacote de dados razoável e leve o “pen drive” para espetar no notebook e utilizar internet lá, faz falta esse mínimo de entretenimento.

ak) pendrive de no mínimo 8 GB.
Sem comentários para este item, mas eu compraria com mais espaço devido ao custo x benefício.

Material que o candidato deverá adquirir na Academia Nacional de Polícia:
a) agasalho, padrão ANP;
Das vestimentas a serem adquiridas na academia esta é a mais cara, tem gente que não quer comprar, mas é item obrigatório principalmente pelo que explicarei abaixo, tem dias que será essencial na formação da manhã, o agasalho é bonito e você vai utilizar depois da academia também.
Principal motivo para comprar: só pode utilizar o agasalho na formação se TODOS da turma estiverem com ele, se UM aluno esquecer, ninguém usa, todos ficam com frio, então, pense nos colegas, compre e nos dias que estiver um pouco frio leve na mochila.

b) boné preto com emblema da ANP;
Mesma regra do agasalho, só utiliza na formação se TODOS estiverem com a cobertura, o agasalho até dá para bancar ficar sem na formação, mas o boné no sol de Brasília, meu amigo... Os colegas vão ficar putos com quem esquecer, e com razão. Carregue sempre no bolso da calça ou na mochila.
Bizu: Rola a turma fazer uma vaquinha e comprar um boné extra e deixar com o xerife da turma, alguém vai esquecer o boné, eu garanto.

c) calças pretas ripstop, padrão ANP (duas);
Utilizadas em todas aulas, exceto educação física, pode ser adquirido fora da ANP, não vale a pena investir em algo muito caro porque serão muito utilizadas e surradas, as que vendem na academia tem um bom custo x benefício, na última academia as calças vendidas lá eram da marca Fox Boy.

d) camiseta branca regata, padrão ANP (duas);
Duas são suficientes, só serão utilizadas na educação física.

e) camiseta branca de mangas curtas e gola redonda, padrão ANP - eixo operacional (três);
Comprei quatro, mas três são suficientes, serão muito utilizadas, nas aulas do setor operacional, setor de armamento e tiro, defesa pessoal. Será utilizada também juntamente com a farda camuflada, sempre que utilizar a farda camuflada essa camiseta estará por baixo.

f) camisa polo, padrão ANP (duas);
Utilizadas dentro da sala de aula, conforme o edital, duas são suficientes.

g) cinto de nylon preto com velcro de 3,5 cm;
É o chamado cinto tático, que você retira e fica o velcro na cinta onde ele acopla, comprei o que vendem na academia mesmo, não é muito bom, mas serve para a academia. Depois que tomar posse, pegue os bizus com os colegas e invista num cinto tático bom.

h) coldre para saque de arma de porte "velado" no material "Kydex" ou polímero, na cor preta;
Vão utilizar um bom tempo em serviço também, depois acabarão pegando outros bizus e podem ver outros tipos/modelos, acho essencial o coldre rígido para o porte velado, mas há opções de presilhas, material, etc, então compre o da ANP e quando tomar posse veja o que há no mercado e o que os colegas utilizam.

i) coldre para saque de arma de porte "ostensivo" no material "Kydex" ou polímero, na cor preta;
Não sei o que será vendido na ANP, depois que tomei posse e soube qual armamento utilizaria (os novinhos podem acautelar a G17 ou G19) investi num coldre bom, importado e com espaço para lanterna na pistola, assim como o coldre velado é um dos itens essenciais que vale a pena gastar depois que estiver exercendo a profissão.

j) óculos de segurança transparentes com proteção lateral para instruções de armamento e tiro;
Pode ser óculos normal desses de EPI, se a grana tiver de boa e quiser investir, há opções de óculos balísticos com lentes escuras e transparentes intercambiáveis. Mas não há necessidade.

k) protetor auricular/abafador externo, tipo concha;
Comprei na ANP e não utilizei, gastei à toa, recomendo utilizar apenas o interno, é suficiente e mais barato.

l) protetor auricular interno descartável (duas unidades, no mínimo);
Pode comprar fora da ANP, são aqueles baratinhos da 3M, são suficientes para as aulas de tiro, não há necessidade do protetor externo, muito menos dos dois juntos.

m) short azul Royal, padrão ANP (somente para os homens);
Serão utilizados nas aulas de educação física, duas unidades é o ideal.

 - O material didático a ser utilizado durante o Curso de Formação Profissional fica a critério do candidato, incluindo: Código Penal, Código de Processo Penal e Constituição Federal atualizados.
Baixe em PDF e deixe no notebook.

- Só serão permitidas uma mala e uma sacola por aluno no alojamento.
Leve esse item a sério. Os alojamentos são para 4 ou 6 (mais comum) pessoas, há alojamentos para até 10 pessoas mas acredito que não serão utilizados nessa academia. Por isso, uma mala apenas por aluno, senão o alojamento ficará lotado e fica difícil conviver todo mundo, se cada um tiver duas malas fica impraticável, pode até rolar canetada.
Bizu: Para colocar as roupas compre aqueles sacos a vácuo com uma válvula para retirar o ar, tem nessas lojas de multi coisas, você coloca as roupas e retira todo o ar lá dentro com o aspirador de pó, fica mais compacto, caberão mais coisas na mala, fiz isso até com o travesseiro (aqueles de espuma da nasa), para ir embora provavelmente não vai conseguir repetir o processo de tirar o ar, mas aí, meu amigo, todo santo ajuda... o aluno estará desesperado, doido pra ir pra casa, joga tudo na mala, sacolas nas mãos e vambora só aguardar a nomeação hehehe.

- Extra edital:
Leve um kit básico de medicamentos, comprimidos para dor de cabeça, dores musculares, pomadas, bandaid, gaze, esparadrapo, etc.
Compre e leve uma mochila para ser utilizada no dia a dia, não precisa ser muito grande.
                Na mochila do dia a dia nas aulas: garrafa de água é essencial, carregue sempre uma garrafinha e mantenha-se hidratado, o dia a dia na academia é corrido entre uma aula e outra, terá que caminhar muito; remédio para dor de cabeça, rinosoro; protetor solar; barra de cereal ou algo do tipo.


DIA A DIA NA ANP
A duração do curso consta em edital, no meio do curso geralmente há um recesso de 3 ou 4 dias, a maioria dos alunos aproveita para voltar para casa. A academia não é “sugada”, é cansativa devido ao fato de ser regime de internato e você estará o tempo todo se deslocando para alguma aula, além da preocupação em ser aprovado já que é etapa do concurso. Há algumas aulas que exigem um pouco, mas não é nada absurdo, não façam corpo mole, aproveitem a oportunidade de treinar, vocês verão muitos alunos reclamando de algumas coisas sem sentido, é concurso policial, não se pode esquecer disso.
O curso de formação é excelente, a estrutura da ANP, materiais de treinamento de primeira, professores, etc, sintam-se privilegiados.

- Matrícula: Cheguem cedo, forma fila sempre, apesar do clima de todos de bem com a vida para realizar esse sonho pode acabar dando uma canseira, no mais, segue-se o que está no edital, serão apresentados os documentos, feito o cadastro dos alunos e já são liberados para comprar o enxoval adquirido na ANP na lojinha, também já saberá seu alojamento, os colegas que ficarão com você e qual será sua turma. Quem estiver de carro estaciona do lado de fora na chegada, na matrícula será feito um cadastro do veículo e aí já pode guardar dentro da ANP.
Na minha academia, salvo engano, a matrícula foi numa sexta-feira, o fim de semana foi livre e as aulas iniciaram de fato na segunda-feira. Mesmo com o final de semana livre, a partir da matricula já pode se alojar e dormir na academia.

- Alimentação: O restaurante é a fama da ANP, rsrsrs, é terceirizado, não dá pra saber se será o mesmo da última academia. No início a comida era boa, depois foi caindo a qualidade rsrsrs, mas dá para bancar. Quem chega primeiro pega o melhor e menos fila, rsrs. É pago por quilo, na última academia aceitavam cartão também.
Além do restaurante, existe uma lanchonete nas dependências da sala de aula, são lanches mais rápidos, assados/fritos, etc, também é terceirizado e é comum as filas. Fila é regra na ANP, vão se acostumando.
Tem gente que opta por fazer umas compras no final de semana e fazer o café da manhã, e janta no alojamento (adendo no próximo tópico).

- Alojamento: Princípios básicos da convivência em grupo, tem gente que passa apurado com alguns colegas, meu alojamento era show, colegas gente boníssimas, amigos para uma vida.
Adendo: é proibido itens elétricos no alojamento (cafeteira, sanduicheira, “rabo quente”, etc), não incomum, a galera acaba levando alguns desses itens mesmo assim, se algum orientador descobrir: canetada para todos do alojamento.
Se estiver muito quente pode ser conversado com a direção, salvo engano, na minha academia foi liberado UM ventilador por alojamento.

- Roupas: Tem um pessoal já conhecido que sempre faz o serviço para os alunos, tem os dias das semanas certos que eles vão, você entrega suas roupas e cerca de dois dias depois recebe limpas e passadas, acho um bom custo x benefício, melhor do que você ter que lavar no banheiro do alojamento.

- Deslocamento: Fora da ANP, para quem estiver sem carro, também tem o pessoal que costuma fazer o serviço pros colegas, ao estilo uber.
Dentro da ANP você vai andar, correr, caminhar, andar e andar hehehe...

- Conceito/Canetadas: Todo aluno começa com a nota máxima de conceito, conforme vai tomando as “canetadas” vai perdendo um pouco dessa nota. Portanto, não vacile, ao fazer a matrícula vão saber o que se perde conceito: boné nas áreas cobertas (não pode), tênis/coturno ou roupas sujas, cabelo ou barba grandes, esquecer o crachá de identificação, etc...
Todo orientador pode dar canetada em qualquer aluno, não apenas os alunos da turma da qual ele é responsável.
Lembre-se que a classificação final do curso é disputada em centésimos, então parece bobeira levar duas ou três canetadas mas pode fazer uma grande diferença no final do curso.
Da mesma forma, há funções que somam pontos no conceito: xerife (os primeiros geralmente são ex-militares), comissão de formatura, dentre outros.

- Formação: Todo dia no período da manhã e no período da tarde antes das aulas tem a cerimônia de formação, estilo militar, o xerife comanda a turma para entrar em forma, cada turma canta o seu brado, aos sábados tem o hasteamento da bandeira e o hino nacional e do DPF. Lembre-se das regras do agasalho e boné, não esqueça protetor solar e BONÉ! Essas regras também valem para o uniforme, se a primeira aula do dia for uniforme de camiseta branca, por exemplo, combinem entre a turma e já vão com esse uniforme, para evitar fazer a formação com a camiseta polo (sala de aula) e ter que trocar antes da aula, inviável. Exceto se a primeira aula for educação física, nesse caso a formação ocorre com a camiseta polo, a turma desloca até o ginásio e aí troca de roupa nos vestiários.
Depois da formação a turma desloca para a aula, se for no SAT, SEOP, TFP ou DPP, o deslocamento é em marcha acelerada, correndo e cantando Charlie Mike (canção militar) puxado pelo xerife.

- Horários: São cumpridos à risca, não atrase para a formação (canetada), não atrase para as aulas (nem vai entrar, vai ganhar falta). Pode haver aulas a noite, até as 21h ou até as 23h. Aos sábados tem aulas de manhã e é liberado após o almoço, se não retornar até o horário permitido no sábado, não entra, vai ter que dormir fora e só entra domingo de manhã. Cuidado com as noitadas.
O mesmo vale de domingo para segunda-feira, o horário para retorno no domingo à noite é mais cedo que sábado. De segunda a sábado, regime de internato, não pode sair da academia.

- Armamento e tiro: O óbvio precisa ser dito. Não seja bisonho! Armamento não é brincadeira, quebrar as regras de segurança aqui significa DESLIGAMENTO do curso, preste atenção, são coisas que levará para o resto da sua vida profissional. Aproveite essas que são as melhores aulas da academia, atirar é muito bom! Não se preocupe se nunca teve contato com armamento, vai conseguir ter uma performance tão boa quanto ou melhor que outros colegas que já eram da área de segurança, os professores são excelentes.

- Setor operacional: São várias técnicas e matérias que estarão englobadas nesse setor, aulas muito boas, garanto, os professores gostam de vibração nessas aulas (vibração é diferente de “aparecidão”, humildade sempre). Apesar de não serem comuns aqui, cuidado com as lesões, cuidado com as aulas na área rural da academia. Novamente, aproveite ao máximo!

- Treinamento Físico Policial: Pelo menos duas ou três vezes por semana. São exercícios intercalados, corrida, natação, funcional, pliometricos, etc... Ao final do curso será aplicado o TAF eliminatório, segure o nervosismo e tenha calma, se repetir o que foi aplicado na última academia, além do TAF igual ao do cespe haverá a pista de obstáculos e flutuação fardado, praticamente todo mundo melhora os índices com as aulas.
Cuidado com as lesões, principalmente nas aulas na pista de obstáculo, não precisa querer bater recordes, também não precisa fazer corpo mole, apenas tenha cuidado e respeite seus limites.

- Defesa Pessoal Policial: Não se preocupe se nunca fez nenhuma arte marcial, não te deixará atrás de ninguém. São técnicas aplicadas buscando a utilização na vida profissional, mesclam técnicas de muay thai, jiu jitsu, etc...
Novamente, cuidado com as lesões! Vou repetir, vibração é diferente de ser aparecidão! Tem colegas que por terem base em alguma arte marcial querem mostrar muita atitude e acabam machucando o companheiro de aula, não é preciso fazer corpo mole mas não é competição, o curso ainda é etapa do concurso, então pense bem quando for aplicar alguma técnica no colega, com o bastão retrátil, cuidado redobrado.

- Médico: Caso tenha algum problema, há medico na ANP, se for necessário será encaminhado para hospital fora da academia. Lembre-se, se estiver com atestado médico, mesmo assistindo a aula você irá receber falta. Há um percentual de presença obrigatório para cada matéria, se a matéria tiver poucas horas-aula, duas faltas, por exemplo, podem significar reprovação, por conta disso, as lesões são o principal motivo de reprovação na academia.

- Formatura: Em determinado momento do curso será feita a comissão de formatura, são alunos que serão responsáveis por correr atrás de buffet, local, banda, etc... Esses alunos ganham ponto no conceito.
Ainda que a grana esteja curta, faça um esforço e pague a formatura, não participar pode acabar sendo um arrependimento depois, não fica barato mas vale muito a pena, é a despedida dessa etapa depois de tudo que passou e a festa é sempre muito boa.
Geralmente, num dia ocorre a festa e o baile, à noite. No outro dia de manhã é a cerimônia na academia (sim, ressaca e óculos escuros, rsrs), depois da cerimônia os familiares podem conhecer algumas áreas da academia e alguns setores, na última teve uma exibição de viaturas antigas, os equipamentos do COT, e o pessoal do Canil.


Espero que tenha ajudado, se tiverem mais alguma dúvida, postem.
Abraço, e bom curso a todos, aproveitem!